Os 10 mandamentos da máfia italiana

Ô vontade de assistir O Poderoso Chefão! hehehehehe!


Com a prisão de Salvatore Lo Piccolo, encontraram um documento que descreve o que seriam os 10 mandamentos da máfia italiana - nomeados como "Direitos e Deveres". Segundo o site da BBC, "as regras buscam preservar a segurança da Cosa Nostra, mas também nortear o comportamento de seus integrantes, impondo fidelidade e obediência, além de sobriedade e moderação".

E eles até me soaram simpáticos!

1 - Não pode se apresentar sozinho a um amigo nosso, senão um terceiro irá fazer isso. (Ou seja - nenhum membro da Cosa Nostra pode ir sozinho a um encontro)

2 - Não se deve olhar para as mulheres dos nossos amigos.

3 - Não deve se meter em confronto com os policiais.

4 - Não se deve frequëntar bares ou clubes.

5 - Deve estar disponível a qualquer momento à Cosa Nostra. Até mesmo se a mulher está por dar à luz.

6 - Os compromissos devem ser respeitados.

7 - Deve-se respeitar a esposa.

8 - Quando for chamado para esclarecer qualquer coisa, deverá dizer a verdade.

9 - Não pode se apropriar de dinheiro que pertence a outros ou a outras famílias.

10 - Não pode fazer parte da Cosa Nostra quem tem um parente nas diversas forças de ordem italianas, quem já traiu sentimentalmente dentro da família (mafiosa) e quem tem um péssimo comportamento e não respeita os valores.

23 comments:

Anônimo disse...

Que coisa ironica.Cobrando moral dos outros e traficando e recheando nego de bala.

Anônimo disse...

penso que estes mandamentos traduzem o que e a mafia.eles tem mais etica que os nossos politicos...

Terontino disse...

Il Brasile è bene che siete interessati a noi!

cappolavoro disse...

Tenho orgulho de ser filho de italianos e faria com empenho e lealdade as diretrizes Selma mafia. (Marcello Cipullo)

Anônimo disse...

tambem tenho orgulho de ser filho de italianos, e concerteza a politica da mafia acaba ajudando as pessoas de forma a acabar com tantos problemas sociais... e estaria disposto a trazer um pouco dessa mafia para cá.

Omar Brinsini disse...

é facil falar como anônimo botem os nomes ai e vamos ver !

Anônimo disse...

eu também tenho orgulho de ser italiano... meu vó nasceu lá e morreu lá. eu faria de tudo pra ser da mafia!!!

thiago disse...

Achou simpático? será que você diria isso se seu pai fosse um humilde padeiro que após um dia longo de trabalho entrega uma grande parte desse dinheiro a esses caras... os que não o fazem, perdem dedo, mão ou mesmo a vida....

Anônimo disse...

Bruno Carraro...

Se o que a mafia, fosse a pior organização que ocupa a italia, comparando com o que temos no Brasi... seriam bem vindos a minha casa e os convidaria para tomar um vinho!

Anônimo disse...

O primeiro comentário está equivocado. Eles não cobram moral "dos outros". Essas regras são válidas para as famílias, para que os interesses entre elas não choquem, para que não haja mágoas, nem dívidas entre elas. Se recheiam "os outros" de balas e traficam, são negócios e não cabe a você julgar.

Mary Corleone.

Guglielmo Richetti disse...

Aos indignadinhos que criticam a máfia, tudo isso é inveja de não ser descendente de italianos?

Elon disse...

Como existem pessoas alienadas,defendem a mafia,meu avô era de Napoli(Nápoles)uma comuna onde também existem algumas familias da máfia,e mesmo ele sendo honesto,sempre foi tratado com preconceito no norte da Itália,apenas pelo fato de ser de Napoli,a máfia tormenta a Itália a muito tempo,só bandidos defendem essa desgraça,os próprios italianos odeiam esses idiotas,quem honra o sangue italiano não entra nesta desgraça,aos descendentes que aqui defenderam esta porcaria,que vão para Itália e vejam de perto o que esses caras fazem,meu primo foi assassinado em uma escola em 2003, na comuna Reggio di Calabria um ataque a bomba na escola,a policia investigou e disse que foi a máfia,filhos da puta miseráveis morram todos vocês que defendem esses assassinos.

Anônimo disse...

Cara não defendo a máfia, mais não acredito que a máfia italiana faria um ataque à una escola!
Sou descendente de italiano meu bisavô era da máfia, e o que foi passado pro meu avô e pro meu pai e agora pra mim, são valores com base na ordem da máfia, respeito, lealdade e integridade, um ataque à uma escola é muito covarde! E acho que a polícia sem ter quem acusar acusam quem não pode provar! Tipo bode expiatório!

Anônimo disse...

Hahahaha só rindo desses babacas que dizem querer ser da mafia, acham que é uma coisa simples, morreriam antes de virar um associado

Nathan souza disse...

Serio que tem gente tão estupida a ponto de achar que é só ser italiano pra entrar na mafia?

maécio vitaliano disse...

sou um descendente de italiano,e li o texto acima,e apesar do texto falar de uma máfia italiano,eu dei valor a eles por causa de sua integridade com os amigos coisa que muitos hoje em dia não têm(respeito e lealdade),com seu próximo!

maecio vitaliano disse...

sou descendente de italiano e li sobre a máfia e seus mandamentos,certo que eu jamais faria parte de uma máfia,mas teve uma coisa neles que gostei,que foi as normas de respeitos e lealdade(coisas que muitos hoje em dia nem sabe o que é!).tenho grande orgulho de meu sangue e deixo um forte abraço pro meu sangue(todos os italianos),e para todos os descendentes que estão no brasil.
- que o progresso esteja presente em todos nós!

Tsunaruhime Kyouya disse...

Deveres são deveres, negócios são negócios.

Fabiola Mirela disse...

eu sou brasileira eu queria entra na mafia eu respeito eu falo a verdade si eu puder entra na mafia italiana eu vou fazer tudo q mim pedirem a qualquer momento

Anônimo disse...

Não se mistura deveres como negócios e como bem diz ai tratam-se de famílias que as vezes nem de sangue são e são mais unidas que as nossas.

E sim sou italiano.

Anônimo disse...

Sou descendente de Italiano,eu gostaria de entrar na máfia,muitos que odeiam a máfia podem me julgar por isso,mas é minha opinião,não deixarei de gostar da máfia só porque os outros odeiam ela.Aos que nos respeitam,tentem aprender mais o que é a máfia e se,vocês se interessarem,me paguem um drink!

Anônimo disse...

Vamos.. dizer. Que!
Muitos Italianos vieram refugiados para o Brasil com o rabo na mão.
Agora quem ser mafiosos ....
Bando de beringelas...!

fulano silva disse...

Sou brasileiro meus tataravô são italianos amo a cultura e o país nunca tive oportunidade de conhecê o país e me entereço muito pela máfia italiana se tive a oportunidade de entra algum dia defederei com todas minhas força