Série de testes felizes medonhos

44%

37%

71%How Addicted to Blogging Are You?


259 WATTS Body Battery Calculator - Find Out How Much Electricity Your Body is Producing -


O___O"

63%


Vergonhoso...

23

Mas eu tô mesmo é envergonhada com o resultado deste =(

Vergonha Alheia

Um erro de ortografia em um anúncio.
Uma pessoa mal fantasiada na multidão.
Um bêbado que não sabe o que está fazendo.
Uma piada muito cretina.

O que todas essas coisas têm em comum? Simples, eu sinto vergonha delas!
Não importa que a pessoa que seria alvo já estar morrendo de vergonha ou se ela não está nem aí pra isso, eu sinto vergonha por ela mesmo assim, de graça! Eu rio mas ao mesmo tempo dá a impressão que eu não sei onde esconder a cara.
Dependendo do caso chega até a dar um aperto no coração.
É uma coisa meio paradoxa, entende?

Não?

Será que só eu sofro disso?


PS: o blog Nadaver utiliza o SVPO (Sinto Vergonha Pelos Outros) para qualificar adesivos bregas! Não sei se o sentimento é o mesmo, mas deve ser próximo!

Onde os fracos não têm vez

Não tem jeito, fiquei curiosa em saber qualé a desse filme pra ter ganho o Oscar de melhor diretor e melhor filme, ainda mais porque no cinema mais próximo da minha casa e do trampo só havia dois horários disponíveis. Deveria ter voltado pra casa mais cedo e jantado com a minha família, o frango à mineira deveria estar muito mais interessante!

Tecnicamente o filme é ótimo. A composição da maioria das cenas é muito bem feita, fotografia, cores... Mas o filme é chato, a história não é envolvente e nem convincente, ar pesado e isso faz com que o tempo não flua.
A narrativa é mui lenta, cheia de detalhes que no fim são pra lá de desnecessários. Não há boas cenas de ação, mas talvez de suspense. Eu pelo menos levei dois sustos, embora quase tenha dormido em duas seqüências de diálogo pra compensar.

Aliás, quando eu reparo que um filme é tecnicamente bom é porque a história não está me agradando e eu começo a ver outras coisas, hehe! Pra se ter uma idéia, eu vi que a maioria dos números dos quartos de hotel que um dos personagens se hospedou era divisível por 3. Teve um fade tremendamente mal colocado como transição de cena que quebrou ainda mais o clima do filme. E claro, tinha que ter mulher no meio pra ferrar com a vida de um carinha lá.


Falando nisso, não achei os personagens muito bem definidos. Nada a ver com quem é vilão e herói (tem uma cena típica de luzes e sombra para dizer isso, hoho!), é desenvolvimento deles mesmo. Não possuem nada de mais e começam da maneira como terminam, isso quando não terminam de jeito besta. O psicopata era legalzinho, mas mesmo assim eu acho que ele poderia ter sido melhor.


E o final... cacetada, o que era aquele final? A intenção deve ter sido muito mais fodônica que a minha percepão e inteligência medonhas possam captar. Um amigo meu tem uma teoria sobre isso que faz sentido, mas definitivamente não torna a coisa grandiosa.
Aliás, como tem gente que ainda tem coragem de morar em El Paso? Só tem assassinato em massa e polícia ausente por lá!

Quero ver algum filme feliz e bom, poxa!

EDIT: acabei de ler algumas resenhas e vi que muitos dos "defeitos" que considerei foram propositais. Continuo não gostando do final e não mudou muito a minha opinião.

Economia de criatividade

Adoro esses tipos de peça, hohoho!






by Scary Ideas, pra variar! xD

Oscar? nhe!

Todo ano eu tento acompanhar a festa do Oscar, mas não dá. A tradutora simultânea não é de tudo ruim, mas eu acho ela chata de se ouvir. As piadinhas do apresentador são sempre sem graça. E os comentaristas... deus do céu, por que eles colocam comentaristas?
Pra piorar, eles nunca valorizam os filmes que eu gostei, hahahahaha!

Esse ano eu tentei de novo, nunca canso de fazer isso. Infelizmente não tenho TV à cabo, então fiquei a mercê da Grobo. Ao invés das criaturas passarem menos merda no Faustão, no Fantástico e principalmente no BBB, preferiram passar essas nhacas na íntegra e cortarem o começo da transmissão do Oscar.
Afinal, quem tá interessado em saber sobre quem ganharia o prêmio de melhor longa de animação, não é mesmo? - Tá certo que eu não tinha dúvidas que seria Ratatouille, mas não precisavam avacalhar! E não, Zé Wilker, o filme não ganhou só porque o rato é fofinho viu?

Estou com preguiça de listar todos os premiados da noite, até porque não é difícil encontrar a relação deles em qualquer site ou blog feliz, heh. Não achei nada de mais no resultado. Quem sabe eu ainda vá ver algum filme desses!

Só ele despulga!

Comercial ruim, mas muito ruim mesmo, de um remédio para pulgas que eu tive a infelicidade de ver na Globo há uns bons meses atrás*. Pra quem quiser ver em resolução melhor, entre no site deles pra assistir, além de poder baixar o jingle. U-huuuul!



* Tenho um sério problema em ter idéias para postar no blog para depois deixá-las mofando nos rascunhos...

Repelente de pivete!

A solução adotada por algumas lojas inglesas para afastar crianças e adolescentes é sensacional: um repelente que emite um som de alta freqüência que só pode ser captado por ouvidos novos, que tenham menos de 20 anos. Claro que o pessoal dos direitos humanos já estão brigando com os estabelecimentos que possuem este dispositivo, mas não deixa de ser algo bem interessante!

Não sabia da existência de tal freqüência e que o ouvido poderia mudar em tão pouco tempo para não ouvi-la mais. E é engraçado pensar que por pouco (é por pouco mesmo viu, não minto a minha idade!) eu não seria capaz de ouvi-la e não vou saber como ela é.

A pergunta que não cala: como eu faço pra ter um desses? *-*

Notícia original by Grobo.com.

Eclipse lunar!


Sei que pedir poderes mutantes seria demais só porque a Lua estava sendo coberta por uma sombrinha, mas se por um acaso aparecesse algum, seria muito bem vindo! Qualquer um, nem que fosse mui inútil como se transformar em um copo d'água, já seria legal. Ler pensamentos, super força, voar, regeneração, teleportar, desintegrar e lalala também não seriam de nada mau!

Mas pelo menos queria ter visto uma Lua grande e vermelha no céu! Só vi um pontinho minúsculo vermelho e ainda por cima totalmente pendurada na janela do meu quarto. Pensei que a coisa seria mais assustadora, mais poética, mais única.

Nhe!

Ludus

Há muito tempo atrás, o Ovo comentou sobre um lugar que tinha cara de café, mas que tinha jogos de tabuleiro para as pessoas jogarem e era relativamente próximo da Paulista. Entramos no site, vimos a lista enorme de jogos e ficamos na lenga-lenga de "um dia marcamos para ir". E nisso enrolamos por uns bons meses, talvez tenha passado de um ano. Semana passada encontrei a Silvana, ela também disse que queria conhecer este lugar e daí decidimos marcar logo para finalmente conhecermos o Ludus.


A fachada do lugar. Embaixo é uma lojinha e em cima é o que interessa. Além dos seguranças sem expressão.


E o tabuleirão de xadrez! Que não pode ser testado...

Foi uma senhora surpresa! O lugar é acessível e aconchegante, a comida e o atendimento são bons e tem MUITOS jogos! Quem me dera ter esse armário!



Meu lanchinho, nham nham!

Agora senta que lá vem história! Os jogos que jogamos:

1) Blokus


Para começar, um jogo relativamente simples e rápido, já que nem todas as pessoas tinham chego ainda. Cada pessoa recebe um set de peças de uma determinada cor de tamanhos variados mas todas feitas de triângulos. O objetivo é colocar o máximo de peças possível em um tabuleiro hexagonal, sem encostar nas peças da sua cor. Esse encaixe de peças lembra bastante tetris.

2) TransAmerica
O objetivo desse jogo é construir uma linha de trem que ligue as suas 5 cidades-objetivo no mapa. Como a linha é coletiva, às vezes você pode estar ajudando uma outra pessoa a ligar as cidades dela.
Hmm... falha nossa, ninguém tirou foto desse!

3) Carcassonne


Aqui não existe o tabuleiro. Quem o cria são os próprios jogadores, pegando os pedaços sem saber o que está por vir como se fosse um baralho. Ganha quem conseguir juntar mais pontos tomando posse de cidades, estradas ou monastérios.

4) Jogo da Vida


Acho que este dispensa explicações né?

5) King me!


Pra fechar a noite, um jogo bem simples mas muito divertido! Os jogadores ganhar uma carta de objetivos com os nomes de alguns personagens, se no final do jogo um dos seus personagens for o rei você ganha mais pontos naquela rodada. Para isso, os personagens vão ascendendo socialmente sem maiores problemas, cada jogador mexe um personagem por turno, e quando um chega ao topo todos os jogadores tem que votar se é contra ou a favor daquele rei. Se só um dos jogadores discordar, o personagem é guilhotinado, huhuhuhu! O barato do jogo é justamente blefar, usar um pouco de estratégia e... guilhotinar! \o/


Detalhe do banheiro do Ludus!

Crédito das fotos deste post: Artur e Mic. Pois é, eu levei a câmera mas não bati fotos suficientes, hahaha! Caso queira ler outra opinião a respeito do lugar, tem um post feliz no blog do Ovo.

Fichinha! \o/
Endereço: Rua Treze de Maio, 972
Telefone: 3253-8452 / 3253-1784
Horário de fucionamento: Quarta e Quinta: 18:00 - 24:00 / Sexta: 18:00 - 24:00 / Sábado: 16:00 - 24:00 / Domingo: 16:00 - 23:00 / Feriados: 16:00 - 24:00
Site: http://www.ludusluderia.com.br

Onion e Tuzki!


Tudo começou com um emoticon que me mandar por msn. Achei o bicho uma gracinha e salvei para mim. Logo depois mais pessoas apareceram com o mesmo bichinho mais em situações diferentes. Fui em um site que so tinha emoticons, achei mais alguns. A pouco tempo atrás, um amigo meu achou um algum no photobucket com aparentemente todos os emoticons do bichinho e descobri então que seu nome era Onion. Salvei todos e agora não consigo deixar de usá-lo um dia que seja!

Não há nada como um emoticon para expressar o que eu quero realmente dizer! Não contente com isso, hoje dei uma vasculhada pela internet e achei mais coisas ainda. Onion não é somente mais um personagem feliz que virou emoticon. Ele é chinês, tem blog, tirinhas e até tranqueiras à venda!


Piorando só um pouco mais a situação, ele não é o único bichinho-emoticon feliz que eu gamei. O coelho Tuzki também é genial, também é chinês e também tem emoticons legais - infelizmente existem menos se comparado ao Onion. O blog dele também é ilegível para mim e ele também tem produtos à venda.



Como sou um pouco viciada em emoticons, um dia eu talvez faça um outro post sobre mais dois personagens ilustres deste mundo!

Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

Semana passada fui assistir o nome filme da parceria doentia Tim Burton + Johnny Depp. E realmente, ow filmezinho doentio viu? Se bem que não dava para esperar algo muito diferente. A ambientação, a luz, a maquiagem, a postura, enfim, tudo no filme é down. Juntar isso com o enredo e um espectador sentado em uma sala escura... É melhor não ver este filme se você já estiver pra baixo!


Contrastando com essa depressão toda, o filme é um musical! Eu não sei para vocês, mas para mim musical tem muita cara de coisa feliz e saltitante, culpa da noviça rebelde e do cara que cantava na chuva. E talvez seja por causa deles que eu também não curta muito musicais! Não tenho paciência de ouvir diálogos musicados, exceto raras ocasiões. Em Sweeney Todd isso me cansou muito, mesmo tendo gostado em geral do filme. De qualquer maneira, esta segunda união estranha também deu certo e muitas vezes foi responsável pelo humor na história. Adoro esse tipo de humor!

A história em si e o seu desfecho são sensacionais. Basicamente, um barbeiro feliz foi sacaneado por um juiz devasso que queria comer a sua esposa, sendo condenado por um crime inexistente. Ele consegue retornar a Londres, 15 anos depois, para ter a sua vingança. Para isso, ele conta com a ajuda de Lovett, que faz tortas com os restos mortais de suas vítimas e que por sinal se tornam famosas na região. Ugh!


Apesar do final fazer sentido, prefiro relatos de vinganças que são plenamente concluídas. Poxa, qual o problema em não esperar uma providência divina para ver aquela pessoa que te fez mal se ferrar, e melhor ainda, da maneira que você deseja e pelas suas próprias mãos?
Destaque para o jogo de navalhas de prata do barbeiro, são lindas!


Caso queria ler uma opinião mais light do filme, com menos opiniões e spoilers, visite o blog do Ovo!

Segundas-feiras...

Não adianta, por mais que tudo pareça estar bem, que seja feriado, que você esteja bem longe de onde mora ou trabalha, ou quem sabe até em outro planeta... se há algum dia em que tudo tende a dar errado, este dia com certeza será uma segunda-feira.

Assim como eu tenho uma cisma incurável pelo mês de agosto, eu tenho uma pior ainda sobre as segundas (nem preciso dizer o que eu penso sobre as segundas de agosto). Afinal de contas, o dia da semana que extermina o final de semana não é digno de confiança!

Garfield, um dos gatos mais sábios do mundo (e que foi referenciado no Shrek 2 pelo Gato de Botas justamente com a frase "I hate Mondays"), sempre nos fala com propriedade sobre as segundas-feiras:





Logos felizes do Google

Dennis Hwang é um maluco sortudo que trabalha no Google criando aqueles logos felizes comemorativos que às vezes nos surpreendem quando vamos procurar por alguma coisa na net. Neste vídeo ele mostra como fez o logo comemorativo do ano novo chinês para divulgar um concurso de logos promovido pelo próprio Google (e antes que você se anime, o concurso só é válido para jovens dos Estados Unidos).



Mais um vídeo de divulgação do concurso, com alguns dos logos já feitos por Hwang animadinhos!



Para ver mais alguns deles, clique aqui ó!

Posts relacionados:
Estudo de marca do Google
50 anos de Lego! \o/
Feliz aniversário Google!

Cobaiando no Campus Party

Ainda não estou 100% mas vou tentar escrever sobre a minha experiência no Campus Party na quinta-feira, dia 14.
Cheguei cansada e parecendo uma barata tonta, sem saber direito o que fazer e pra onde ir. Peguei a minha credencial (achei ela tão bonitinha, até a foto saiu bem menos pior que eu imaginava!) e fui dar uma olhadela na exposição que era aberta ao público. Não a recomendo para quem quiser até lá só por ela, tem pouca coisa. Nenhuma novidade que não tenha sido mostrada nos sites de notícia e nos telejornais. A minha única surpresa foi ter encontrado um Wii no stand a Tam, principalmente porque só tinha isso no stand inteiro!


Indo para a parte exclusiva dos participantes, a coisa estava mais interessante! De um lado as bancadas cheias de computadores na mega lan de 5GB da Telefonica, de outro os "auditórios" onde as paletras estavam rolando e no meio um aquário para a imprensa.


Tentei ver a palestra sobre fotografia digital mas tava meio chatinha, desisti de vez quando o cara deixou de usar o microfone. Não tinha isolamento algum entre uma palestra e outra: eram telões dispostos um do lado do outro com cadeirinhas, então tinha hora que rolava a maior disputa sonora entre as áreas xP.

Foi aí que percebi o cansaço pesando. Enquanto o Rockerz não chegava, fui descansar um pouco no espaço Telefonica. Puffs, massagistas e telões exibindo filmes, uma belezinha, quase dormi. Ah sim, e vi o final do filme do Tomb Raider e achei horrível! \o/


Queria ter visto uma palestra de Arte em Pixels, mas ela simplesmente não aconteceu, sumiu, foi ignorada. Eu estava sem computador então não aproveitei quase nada da lendária conexão local. E esse quase só existiu porque o Rockerz deixou eu mexer um pouquinho no laptop do F.U.C.K.!

Enquanto isso, rolou uma manifestação alegrezinha sobre o atrito de blogueiros x jornalistas. O que eu consegui gravar do dinossauro antes que uma pessoa feliz aparecesse na minha frente foram esses míseros 7 segundos! Cartazes engraçadinhos também foram colados ao redor do aquário.

video

No final do meu primeiro e talvez único dia de Campus Party, rolou um debate entre jornalistas e blogueiros no palco principal. Foi legalzinho, mas precisava de muito mais tempo a coisa se desenvolver. Sem falar que eu simplesmente não conseguia entender nada do que alguns participantes estavam falando!


Sei que se eu conhecesse mais pessoas (ou me esforçasse para conhecer mais), tivesse um laptop e um carro eu teria me divertido muito mais! Mesmo assim achei legal ter um eventão nerd como esse organizado, cheio de seguranças para todos os lados e bem civilizado, principalmente se for para comparar com algum anime-lalala da vida! Queria ter passado hoje por lá, mas não estava em condições físicas para isso.

E por hoje é só pessoal!
Caso queiram ver mais fotos e alguns flagrantes inúteis, visitem o meu Flickr!

Post relacionado:
Prévias do Campus Party

Prévias do Campus Party!

Eu sinceramente não queria que este post existisse. Seria muito mais legal para mim se eu já começasse falando em como foi o evento e lalala, ou seja, que as prévias do Campus Party fossem tranqüilas, sem nenhuma aventurinha básica. Mas é claro que não foi bem assim que aconteceu e nem sei se hoje vou ter forças suficientes para escrever tudo que se passou hoje!

Começando do começo. Baixei o PDF com a agenda do evento e enrolei tanto que deu tempo de sair mais duas versões dela. Na segunda-feira, quando o evento já tinha começado, resolvi pegar a versão final e definir quais dias iria e em que horários, afinal organização é tudo!


Tá, admito, queria ter ido na terça, talvez na quarta, mas no fim só fui na quinta!

Depois comecei a ver sites e guias sobre como chegar na bienal. Não queria ir atééé o metrô Santa Cruz, porque segundo minha simulação mental espacial, seria como ir até lá e ter que voltar um pouco. E realmente tinha um ônibus que passava perto de casa e que passaria pela Avenida do Parque do Ibirapuera, lindo!

Chegando no ponto, nada do tal ônibus e o calor tava um saquito. Eu sabia que ele existia e que uma hora ou outra apareceria, mas no fim passou o Jardim Miriam, convidativo como sempre e eu não resisti. Resolvi que iria até o metrô Ana Rosa e andaria até o parque. Até porque eu não tinha anotado nenhum outro ônibus que poderia me servir como plano alternativo (já disse que organização é tudo?).


Quando eu estava no colegial fazia esse caminho e não parecia ter nada de mais nele. Pena que a minha memória não é muito boa e eu já não tenho a mesma resistência de alguns anos atrás! O caminho não era bem como eu imaginava e eu acho que errei em algum lugar. Tenho que agradecer aos céus por ter chego na Bienal relativamente inteira, os únicos saldos negativos além do cansaço foram as bolhas.


Fui reparar na existência delas só depois de dar uma volta na exposição que era aberta ao público. Ainda bem que a enfermaria não era muito longe e a enfermeira foi generosa ao colocar dois grandes esparadrapos com algodão ao invés de dois singelos bandaidezinhos.

Fim das prévias, tô com muito sono! Aguardem as cenas dos próximos episódios! \o/

Sábado animado? Pra quem?

Desta vez vou dar uma treguinha para a Globo. Eu sempre pego no pé deles porque afinal é o canal mais visto pelos brasileiros e que querendo ou não exerce um senhor poder na mente desse povinho feliz.

Mas o SBT também pede hein? Não é novidade para ninguém a qualidade pra lá de questionável dos programas geniais do seu Sílvio, mas pra programação infantil ele tem chutado o balde totoso hein? - Nesse quesito, pelo menos a Globo tirou a coisa da Xuxa durante a semana e deixou só os desenhos passando de manhã.
Já não aguentava aqueles dois pentelhinhos, a mina de voz encardida e o moleque que queria ser mano, apresentando o Bom Dia & Cia. Agora me colocam uma menina (que com certeza é filha de alguém ali do meio) que mal sabe falar e se comportar pra apresentar o Sábado Animado? Quequéisso minha gente! INACREBELIEVEABLE*!

A performance do projeto de gente chega a ser revoltante, como pode ser averiguado no vídeo abaixo.



Já era assim na minha época e pelo jeito é assim que vai continuar.
Desencanem pessoal, passem somente os desenhos que a criançada já fica feliz!
Incentivem a produção de animação de qualidade brasileira ou pelo menos dublem os que vêm de fora legal e sem cortes!
Muito mais produtivo que esse horrorzinho, não acham?


* Direitos da expressão: Mundo Canibal

Estudo de marca do Google

Pois é, as simples letras coloridas do Google não foram definidas a daquela maneira aleatoriamente. Em uma matéria na Wired, a desginer Ruth Kedar mostra os estudos anteriores da marca com suas devidas justificativas.

Acho interessante lê-las, mas se você é uma pessoa muito visual e preguiçosa, segue abaixo as 7 idéias anteriores e a marca final.








Notícia vista no Blue Bus.

Efeito aspirina





by Scary Ideas

Forbidden Kingdom - trailler novo

Pode ser que seja mais um filme feliz de kung fu... mas eu gosto de filmes felizes de kung fu e quer muito ver esse! Ainda mais um que tenha o Jackie Chan e o Jet Li juntos (embora eu curta mesmo o primeiro, huhuhu!).



Essa mina de cabelo branca é bizarra. Espero que não zoem muito nos efeitos especiais dela.

Campus Party 2008


A tão esperada Nerdstock (sou muito mais esse termo a "Balada Nerd", como acabei de ver em um famoso site de notícias) começou hoje em São Paulo! Será uma semana de palestras, competições, exibições e oficinas felizes, além de uma senhora lan house e uma certa farra. Pra quem veio de fora, será possível também acampar no local.

A cobaia que aqui escreve estará por lá, afinal vai entrar na faixa (vou começar a participar mais de "concursos culturais", huhuhu! \o/). Eu só não sei ao certo em quais dias e horários porque defini a minha agenda muuuuito por cima. Por enquanto, só devo buscar a minha credencial na quinta-feira.

Espero conseguir aprender alguma coisa por lá ou quem sabe até conhecer alguém (viiiish, agora exagerei!) e postar alguma coisa legal sobre o evento por aqui.
E um bom evento para todos os nerds participantes!

TV no ônibus

Sou uma paulista paulistana caipira, poxa. Nunca tinha visto essas televisões de ônibus funcionando antes e faltosamente eu estava com a câmera na mochila dessa vez! Pra piorar, cheguei em casa faz pouco tempo e estou com preguiça de fazer um post muito grande, hehehehe!


O programa que estava passando era o Band Sport e olhando agora no site deles reparei que não tem muita opção na programação ainda.

Nem preciso dizer que isso me deu um sono danado e por pouco não perdi o ponto. Poxa, eu já caia no sono fácil no ônibus só com o chacoalhar dele, imagine com uma TV ligada então...

Banner novo temporário!

Aeeeeeee!!! Aleluia, irmãos! \o/

Mas não adianta ficar feliz por muito tempo porque esse banner é temporário, hehe! (se bem que as coisas temporárias por aqui costumam permanecer por um tempo considerável).
Aquele vazio no topo da página estava me cansando muito e a idéia que eu queria mesmo pro banner ia demorar muito pra ser executada.

Fazê-lo foi rápido, demorei mesmo pra tentar tirar essa maledeta borda! E ainda não consegui! Mas já tá tarde e por enquanto vai ficar feinho desse jeito mesmo.
Espero que este problema técnico seja temporário de verdade!

Ano do Rato! Parte 2

Este ano, as comemorações do Ano Novo Chinês foram antecipadas para o último fim de semana de janeiro por causa do estonteante carnaval. Eu nem sabia dessa e fui sem querer na Liberdade, hehe! Para quem perdeu, já aviso que não tinha nada que não teve nos anos anteriores. A Rua Galvão Bueno havia sido fechada novamente para a instalação de barraquinhas de comida e tranqueirinhas (além daquelas que sempre estão na praça todos os domingos), muita gente e atrações felizes no palco (que novamente não vi nenhuma, hehe).


Luminárias com o ratinho feliz foram espalhadas pelas ruas próximas. Aliás, muito marketeiro esse ratinho, tinha uma barraquinha só para ele que vendia camisetas, canecas, canetas entre outras tranqueiras.


No final apareceram uns bonecos infláveis felizes, que seriam os mascotes das próximas olimpíadas de Pequim. Até dava pra posar do lado deles pra tirar foto, mas tinha muita gente e estavam meio longe...


Os clássicos fogos de artíficio. Teve contagem regressiva, embora não fosse o Ano Novo propriamente dito e ainda assim estavam bem atrasados em relação à programação. Aliás, mentiram pra gente dizendo que seria atrás do palco: estouraram os fogos de novo atrás deste lindo prédio.


Uma luminária que estava em volta do "camarote", perto do palco. Essa foto ficou demais.

Agradecimentos ao Artur (de novo!), que sempre está com a sua câmera pronta - ao contrário de mim que tinha esquecido a minha em casa.