Eu odeio cebola

Odeio mesmo, odeio muito. Putz, como eu odeio cebola. Não acho que ela faça falta em um tempero, acho que o alho cumpre muito bem o seu papel quando usado em altas dosagens. A cebola não, ela só serve para atrasar a minha refeição porque eu tiro sim todos os pedacinhos que encontro, ou para fazer os outros chorarem quando a cortam. Viu, um alimento que faz os outros chorarem assim não merece um pingo de consideração! Não, nem mesmo aquela famosa cebola do outback se salva, eu odeio, odeio e ponto.


Por que resolvi fazer um post só pra isso? Porque acabei de ter a confirmação absoluta que eu odeio cebola. Ah, eu já odiava bastante, mas não sabia que poderia odiar ainda mais!

Minha mãe comete poucos erros na cozinha, então como hoje é segunda, acho que ela falhou crítico. Resolveu fazer um prato sensacional que eu adoro chamado frango à mineira (que por sinal ela aprendeu há muito tempo atrás em um desses programas matinais felizes), que basicamente é um refogado de frango, azeitona e lalala montado com camadas de purê de batata. Só que ela tava com pressa, então picou um monte de cebola em pedaços médios e não esperou o recheio cozinhar o suficiente para anulá-los.

Resultado: fui almoçar toda feliz e contente, quando dou a primeira garfada... OUCH! Mastiguei um pedaço desgranhento de cebola, fazendo aquele barulhinho horrível e liberando aquele sabor mala. Gente, eu ODEIO qualquer alimento que faça esse tipo de barulho, por isso odeio também os talos de alface. E eu odeio o sabor da cebola.

Quando olhei melhor para o meu prato, vi os inúmeros pedaços de cebola festejando a minha desgraça. Malditos. Eram muitos para serem tirados, então resolvi comer mesmo assim, tentando ignorar o barulho e o sabor. Mas a cada "crumch" feito, eu me retorcia e fazia uma careta, involuntários como um reflexo.

Não dava para continuar, na segunda metade da porção resolvi separar as malditas cebolas. Demorei muito tempo, mas consegui tirar uns 90% delas e consegui terminar de almoçar.

Doce ilusão a minha. A tortura ainda não tinha terminado. Aquele gosto horrível de cebola invadiu o meu hálito e eu precisava me livrar dele desesperadamente. Comi uma bolacha recheada, tomei chá, escovei os dentes e até a língua, mas ainda sinto esse gosto desgranhento que parece socar a minha boca. Acreditam que estou até sentindo aquele comecinho horrível de dor de cabeça por causa disso?

É sim, eu odeio cebola. Já falei que odeio mesmo e muito?
Cara, como eu odeio.

8 comments:

Mic disse...

Veja bem... acho que agora cairia bem uma torta de limão daquela tia lá da República, né? *.*

Miyu disse...

Seria perfeito! *-*
Precisamos descobrir se ela vende em algum lugar durante a semana, hehe

Samuel disse...

Em 96 fui praí em SP visitar o lado paulista da parentada, e na volta, numa parada em Gov. Valadares, MG, eu comi um p* sanduichão com tudo o que tinha direito. Meu irmão, de zoeira, batizou o monstro de "X-truco-truco-cheio-de-coisa".

Sabe aquela sensação esplêndida de dar uma bocada grande em alguma coisa grande e mastigar com aquela cara de feliz? Pois é, o treco era do tamanho de uma bocada generosa minha.

No resto daquele dia eu fui passando mal no ônibus. Cada vez que eu respirava, vinha aquele sabor desagradável na boca. Sim, haviam umas 4-5 rodelonas de cebola, que eu só percebi depois que abocanhei o sanduba...

the girl afraid of sharks disse...

Ai, eu tenho alergia muito forte a cebola crua e alho: tenho dor no peito e dificuldade pra respirar (apesar de nao morrer com isso nem ter que tomar injecao - um monte de bicarbonato e dois a tres dias com mega enxaqueca melhoro). E' verdade! E' coisa de figado fraco - o mesmo que me faz amar cha de boldo e coisas amargas. Tambem nao consigo comer amendoim ou fritura sem passar mal (tem coisas que so o cheiro ja me embrulha, como doughnut. Cheiro de alho cru entao eu caio pra tras). Pelo menos nao gosto muito dessas coisas! Ainda bem, porque meu sistema digestivo e' pessimo! Nao consigo lidar muito bem com ovos, leite ou derivados, acucar em sucos ou chas, muita batata... e ja nao como carne ou frango. Ou seja, e' quase IMPOSSIVEL dividir prato com o Lucas, que nao seja porcarias como doces ou salgadinhos de pacote. :-/

Tadinha, eu imaginei muito forte o terrivel gostinho de cebola na boca que fica por DIAS!! Ainda bem que so teve o comecinho de dor de cabeca - eu teria uma enxaqueca de latejar e sair lagrimas de dor!!!

Apesar de tudo isso, nao tenho problema com cebola cozida. Ainda bem, porque nao comer alho ja e' um problemao!!!! (Alho cozido eu fico so com dor de cabeca)

Pronto, chega de drama ne. E eu amo talo de alface, salsao/aipo, pepino, tudo que faz o "barulhinho", tirando cebola, rs. :)

claudio disse...

eu nem posso sentir o cheiro de cebola,alho e pimentao pq vomito na hora

odeio muito mais esses tempeiros q qualquer pessoa

prefiro beijar um sapo

Eduardo disse...

Cara o que mais me irrita em relação a cebola é que geralmente quem fica forçando a gente comer cebola,ou questionando porque a gente não come nem sabe cozinhar.
Me diga se não é coisa de gente preguiçosa?
Ora o que custa picar bem picadinha a cebola e depois frita-la antes de mandar ver no prato?

Minha cunhada mesmo é uma preguiçosa que aprendeu a cozinhar outro dia...Hoje tenho certeza que nem isso aprendeu de verdade.
E ao invés de picar a maldita cebola, cortou em cubos medios e disse que aquilo era picado.
Ai p/ finalizar vem com a classica frase de cozinheiro de botequim de beira de estrada,aqueles mesmos que vendem cozinhas estragadas: "Nem tem sabor!"

Porra se não tem sabor porque colocou a cebola então caralho?
Pior que quem admite não saber cozinhar é quem não sabe cozinhar nem um ovo vir tirar onda de cozinheiro.E esse tipinho ainda achar gente que apoie.
Gente tão preguiçosa na cozinha quanto ela!

Van disse...

Eu odeio cebola, mas odeio com todo ódio que se pode odiar. Esses ruídos que elas fazem ao serem mordidas... me arrepia e dá náuzeas. no seu lugar, teria desistido do frango na primeira bocada... Eca! Na verdade, não só odeio a tal cebola, tenho nojo mesmo. E tenho uma dúvida: qual será a porcentagem da população que não gosta de cebola? Porque tudo qto é restaurante poe cebola na comida... se a porcentagem for grande, ta na hora de rever isso aí

Elisangela disse...

Apoiados! Não tem nada pior que cebola... Só de pensar no cheiro...no gosto... No aspecto dela...sinto vontade de vomitar. Não consigo comer nada que tenha muita cebola pq aí já fica o gosto... Se tiver pouquinho.. Acho o mínimo pedaço e retiro do meu prato. Se tiver cebolinha tiro tbem... E dependendo do prato... Se tiver cebola prefiro nem comer!! ECA!